sábado, 16 de janeiro de 2010

SONETO SOBRE O RELÓGIO


Passarinhos que vejo na TV, me contaram...
“A vida é cíclica como um relógio” E que
“Se não mudamos, nós retrocedemos”
Mas ninguém me ensinou sobre os (Tais) relógios.

Os ponteiros giram. Movimento cíclico,
Mas sempre vão parar no mesmo lugar.
Está certo que em outras horas, outros dias...
Mas no mesmo lugar.

Ou será que eles não mudam,
Porque estão trancados em um vidro?
Ou será que estão parados no tempo?

Coisa absurda minha idéia, mas... Não mudam!
Acho que os ponteiros giraram
e perdi tempo demais...

16/01/2010